Capoeira instrumento de inclusão

capoeira pedagógica

Usamos a palavra Capo para ligar as palavras: "Cabeça e Abraço ", destacando a importância do abraço como forma de "terapia" para resolver e/ou evitar problemas que podem se tornar psicológicos. Assim surgiu a ideia Capoeira Pedagógica, uma proposta para que os nossos pequenos aprendam e desenvolvam algumas habilidades; aprimorando o controle emocional, estimulando a observação e a defesa quando necessária, ritmo e movimento corporal, além de outras ferramentas para a formação moral, física e cognitiva. 

INCLUSÃO:

A interação social melhora-se muito junto com a autoestima  e nós conseguimos ver os resutados a longo e a curto prazo. Há muitos exemplos de crianças e jovens que se encontram na prática da capoeira em níveis impressionantes de superação, seguidos de meios próprios de transpor suas barreiras e limitações.

"Criança que  pratica Esporte aprende mais"

Capoeira a Arte de aprender brincando

Precedida de conceitos de adaptação e inclusão, a Capoeira proporciona a ruptura de limitações que por vezes nos são impostas. 

Portando necessidades especiais ou não, a Capoeira é uma arte que consegue propôr capacitações pessoais para a ruptura de limitações de caráter de deficiências, sejam elas por características físicas, mentais ou idade avançada . 

Podia- se, antes, considerar a Capoeira inclusiva simplesmente  como um método motivacional, mas agora refutando ideais anteriores, novos métodos foram desenvolvidos para coagir positivamente na interação para a Acessibilidade e Desenvolvimento Cultural e Humano.

São trabalhados quesitos de convívio social e associação efetiva no processo de construção de cidadania em aspectos gerais.